sábado, 11 de julho de 2009

Principe das Sombras


Após o fracasso injusto de "Aventureiros do Bairro Proibido" e totalmente "p" da vida com os grandes estúdios, John Carpenter assinou contrato com a pequena Alive Films que previa a produção de quatro filmes de baixo orçamento, mas que em compensação daria muito mais liberdade para o veterano diretor. O primeiro deles foi justamente "Príncipe das Sombras" um assustador suspense sobrenatural que trata de (anote aí:) possessão demoníaca, religião, conspirações da Igreja e até viagem no tempo!

Tudo tem início quando o padre Loomis (será parente do Dr. Loomis de Halloween? Hehe), interpretado pelo grande Donald Pleasence, descobre o segredo que um antigo padre guardava quando este acaba de falecer. Trata-se de uma chave e um diário que contém segredos importantes sobre a possível vinda do anticristo. Enquanto isso em uma faculdade de Física em Los Angeles, o professor Birack (Victor Wong de "Aventureiros") está dando mais uma aula para seus alunos, Catherine (Lisa Blount), Brian (Jameson Parker), Kelly (Susan Blanchard) e Walter (Dennis Dunn, também de "Aventureiros"). Birack não é o típico cientista que alguém espera que seja. Chega a abandonar a razão muitas vezes e entrar em papos filosóficos como quando diz: " Tudo isso é falso! Libertem-se da realidade clássica. A nossa lógica em nível subatômico é só fantasmas e sombra"

O tal padre Loomis descobre que a tal chave tão querida pelo falecido padre abre as portas de um salão da igreja que guarda um sinistro segredo. Para ajudá-lo na descoberta do segredo, Birack é chamado para um encontro onde o padre lhe explica a crítica situação. Ao que parece o padre falecido fazia parte de uma seita chamada "A Irmandade do Sono", que de tão secreta nem o próprio Vaticano sabia de sua existência. A tal Irmandade, a cada geração, escolhia um padre para guardar a igrejinha da cidade e seu maior segredo, um enorme cilindro que contém um líquido misterioso. O problema é que o tal líquido é nada menos que o filho de Satã! Com a intenção de provar cientificamente os relatos contidos em um livro e por conseqüência a verdade sobre a vinda do AntiCristo, Birack e Loomis organizam uma junta científica para ir na igreja e estudar as provas. Além dos estudantes de física de Birack se juntam a lingüista Lisa (Ann Yen) , a radiologista Susan (Anne Marie Howard), Leahy (Peter Jason, do posterior Eles Vivem) , o microbiólogo Calder (Jessie Lawrence Ferguson , mais conhecido como o gângster que tem os dedos cortados no comecinho de Darkman) e o bioquímico Frank (Robert Grasmere)

No começo ninguém sabe ao certo o que pesquisar, o que aguça a curiosidade de todos. Só que ao passo que vão descobrindo a verdade sobre os escritos e sobre o tal líquido coisas estranhas vão acontecendo na Igreja.

Começa com os mendigos da rua que estão aparentemente em um estado de "zumbificação" e matam todos que tentam sair da igreja. E o líder deles é ninguém menos que o famoso cantor de rock Alice Cooper.

Em outro momento, Susan quando sozinha com o tal cilindro, nota que há um vazamento dele e a água ao invés de escorrer pelo chão está se acumulando no teto! É aqui que Carpenter economiza uma boa grana em efeitos especiais usando o truque mais velho da história do Cinema. Somente colocando a câmera invertida fazendo parecer que o cilindro está pingando "para cima" e o teto está alagando. E quando Carpenter precisa que a água do teto "desça" simplesmente retrocede o filme! Efeitos extremamente simples e que não gastam um centavo, um ótimo exemplo para diretores de hoje em dia que acham que efeitos especiais são a solução pra tudo. Voltando ao filme, Susan recebe um jato do tal líquido na boca e na mesma hora fica possuída e vira uma espécie de "zumbi" e começa a "infectar" um a um dentro da igreja sempre "vomitando" o líquido na boca de suas vítimas.

"Príncipe das Sombras" é um daqueles filmes que além de serem assustadores ainda jogam mensagens "filosóficas" para o público. Carpenter em seu roteiro (ele assina como Martin Quatermass) mostra o filho de Satã como algo físico e não espiritual, e em um momento o padre interpretado por Donald Pleasence - totalmente chocado com as novas revelações - explica: " Decidiram fazer do mal uma força espiritual (...) Era mais conveniente. Assim o Homem ficava no controle. Mentira Idiota! Eramos vendedores, só isso. Vendíamos nosso produto aos que precisavam. Uma vida nova, gratificar-nos, punir inimigos para nossa verdade reinar." E Carpenter ainda vai mais longe com revelações como a de que Jesus seria na verdade um alienígena! Não sei como o filme não ocasionou alguma confusão com grupos católicos ou a própria Igreja, já que Dogma de Kevin Smith deu toda aquela confusão por muito menos. Outro detalhe interessante do roteiro, e que não é bem explicado, é um estranho "sonho": todos que dormem nos arredores da Igreja e recebem uma imagem assustadora da fachada da igreja e de um silhueta gigantesca saindo dela (será o demônio finalmente liberto?) isso com uma narração de fundo que explica que o que estamos vendo não é um sonho e sim uma mensagem do futuro. Uma cena que consegue dar um frio na espinha.

Em certo momento um dos pesquisadores é infectado com todo o líquido do recipiente e se transforma em uma espécie de hospedeiro do mal. Seu corpo vai se transformando lentamente com barulhos de ossos se partindo e se reorganizando e seu rosto começa a ficar cheio de pústulas e feridas no melhor estilo exorcista, a maquiagem excelente ficou a cargo de Frank Carrisosa que voltaria a trabalhar com Carpenter em "Eles Vivem". Isso tudo aos olhos de um amedrontado Walter (Dennis Dun), que fica preso em um armário e seu único modo de se comunicar com os outros sobreviventes é através de uma parede. Esse é um dos momentos mais angustiantes do longa, onde os sobreviventes na outra sala tentam quebrar a parede para salvar Walter. Outro momento interessante é quando o padre Loomis está escondido em um cômodo tentando fugir dos possuídos e ao rezar, começa a chorar e questionar onde estaria Deus nesse momento. Uma ótima cena, onde Pleasence simplesmente brilha.

"Príncipe das Sombras" se saiu bem nas bilheterias, já no primeiro fim-de-semana se pagou (o filme custou 3 milhões e faturou mais de 4 milhões e seiscentos mil) e o total arrecadado ao fim das exibições nos cinemas foi de mais de 14 milhões só nos Estados Unidos. Mas se por um lado foi um êxito comercial e de público, os críticos continuaram a pegar no pé do diretor, segundo ele: "O filme não foi bem sucedido pela crítica. Eles estavam zangados porque eu tinha voltado ao terror. Existe uma coisa de governar e perdoar na sociedade americana. Querem construir todos os nossos heróis para depois destruí-los. Quando voltam e se rendem, nós os aceitamos.
Mas o herói que é construído e destruído e volta para fazer algo 'ruim' ninguém entende, e por isso ninguém consegue entender porque eu resolvi voltar a fazer filmes de terror e foi porque eu estava muito cansado dos estúdios." E sobre a vontade de fazer o filme, ele também comenta: "Eu queria trabalhar com Donald Pleasence novamente e queria trabalhar com alguns atores asiáticos com quem havia trabalhado em 'Aventureiros do Bairro Proibido', e eu queria fazer um filme verdadeiramente assustador." É, parece que conseguiu, como sempre.

Trailer do Filme

Download do Filme

Título Original: Prince of Darkness
Senha: http://langolierss.blogspot.com/
Gênero: Terror
Qualidade: DVDRip
Formato: Rmvb
Áudio: Inglês
Legenda: Português

4 comentários:

  1. pediu senha ao extrair o arquivo... O que faço???


    desde já agradeço!

    ResponderExcluir
  2. Ta dizendo que a senha tá errada.

    ResponderExcluir
  3. pronto, senha corrigida, tinha colocado um "a" que não existe, desculpa pelo transtorno.

    ResponderExcluir
  4. Qual é a senha ? Obrigado .

    ResponderExcluir